Make your own free website on Tripod.com
O batismo dos apóstolos

Todos ficam perplexos ante as atitudes dos apóstolos diante do Senhor, quer
Juda Iscariotes que foi quem O traiu, quer de Pedro que foi quem O negou três vezes
antes do galo cantar, quer de Tiago e João que perguntaram ao Senhor se podiam descer
fogo do céu para consumir os samaritanos. Cada um cometeu pelo menos uma gafe diante do
Senhor Jesus, e quanto mais o Senhor precisou deles, fugiram deixando-o só; e não
obstante, ainda assim continuaram sendo chamados apóstolos do Senhor, com exceção,
naturalmente, de Judas Iscariotes, é claro.
A pergunta é: o que o fez mudar de atitude para se transformarem na base da igreja
primitiva, e com coragem e fé enfrentarem desafios da própria morte, sendo torturados,
passando pela prova de escárnios e açoites, de algemas e prisões, apedrejados, vestidos
de peles de ovelhas e de cabras, necessitados, afligidos, mal tratados, errantes pelos
desertos, pelos montes, pelas covas e pelos antros da terra? Só existe uma única
resposta: O batismo do Espírito Santo os capacitou para enfrentarem todos esses desafios
e ainda assim prevalecerem pelo poder da fé que o batismo no Espírito proporciona.
Na realidade, quantos são os cristão que pôr muito menos tem deixado a fé para seguir
o curso deste mundo vil?
Quantos são aqueles que desertaram pôs causa do valor da provação?
Os apóstolos suportaram tudo isto pôr causa do inundar do Espírito de Jesus que estava
sobre eles no Cenáculo, o Senhor Jesus soprou o Espírito Santo sobre todos, que até
então não conheciam, e a partir deste momento, vieram a tornar-se verdadeiros instrumentos do poder de Deus.

© Mensagens Bíblicas. Todos os Direitos Reservados